O Ótimo Atendimento ao Cliente nas Redes Sociais

Seja uma multinacional, uma micro empresa ou um consultório médico, se não tiver uma conta em uma rede social, aparecer no google, cá entre nós,  está perdendo visibilidade e algumas vendas… Disso, todos nós já temos em mente.

Mas se você tem uma página em uma rede social, posta frequentemente, estudou horários de maior fluxo e… como está respondendo seus seguidores?

Pensou nisso e a resposta é “não sei”, sinto que está com problemas.

Hoje em dia, aquela velha máxima de parede de oficina está com os dias contados:  

“SE O SERVIÇO FICOU BOM, CONTE PARA OS OUTROS. SE FICOU RUIM FALE PRA MIM”

Que sua empresa possui ótimos produtos e serviços, isso eu não duvido, mas e quando ocorrer um incidente e este for para a internet?

A falta de atenção com o seu seguidor pode arruinar a marca,  ausência de resposta por um comentário, a falta de um obrigado para elogios, ou uma mega reclamação que vai lhe trazer uma série de dores de cabeça caso não tenha uma interação. Nos dias de hoje, provavelmente um reclamante irá postar sua queixa em uma rede social, em um “grupo” para depois ir buscar a sua empresa, o que é mais cômodo para o internauta  ter de que se deslocar bairros até você ou simplesmente comentar do conforto de casa, pelo smartphone?

Quero interagir mais com meu cliente, o que posso fazer? Separei algumas dicas para uma melhor relação com o cliente por meio das redes:

  • Sempre procure responder o cliente quando possível. Seja um elogio ou uma reclamação; (Em breve trarei como tratar e gerenciar reclamações).
  • Evite ao máximo redireciona-lo para outra forma de atendimento. Pedir por exemplo para que ele ligue ou envie um email. Você pode chamar para um atendimento via chat (popular “inbox”) e pegar maiores informações, peça o número de telefone e de preferência, entre em contato com ele.
  • Verifique sempre sua rede, ao mínimo uma vez ao dia, ou a cada quarto de hora, dependendo do movimento.
  • Seja cordial, evite discussões desnecessárias.
  • Fale a verdade, nada mais que a verdade.
  • Tenha um registro de atendimentos, mesmo que uma planilha comum, anote cliente, dia, horário, rede, reclamação. Se sua empresa for “pequena e todo mundo faz tudo” permita que seus funcionários tomem ciência ao menos dos problemas que estão ocorrendo e como resolver caso o mesmo venha até um deles.

E por último, claro, muito mais importante que as dicas acima:

  • Resolva o problema de seu cliente.

Não tenho tempo para monitorar minhas redes sociais, o que faço?

Chame a EDRONET!

A EDRONET monitora suas redes sociais, interage com o usuário, soluciona pequenos problemas, responde clientes que entram em contato, seja via redes sociais, email ou outro tipo de formulário, dá dicas simples, repassa os problemas não resolvidos, orienta, aconselha e cobra a solução junto a sua empresa.

Solicite-nos um orçamento!

Sarahah, a Rede Social Anonima

Por Edvaldo Rodrigues*

O registro de dominio sarahah.com data do mes 11 de 2016, a aproximadamente 9 meses atrás, em 13 de junho de 2017 surgiu o aplicativo para celulares IOS e Android.

Qual o objetivo do Sarahah?
Em sua página inicial, diz: “Receba comentários honestos de amigos e colegas de trabalho”. De forma anônima, portando apenas um endereço (link) e compartilhando, você pode receber mensagens anônimas.

Esta é a pagina inicial de quem acessa sarahah.com:

Como exemplo, vamos utilizar a versão para navegadores, criamos um usuário de testes com o nome de Pablo Escobar, e acessando o link, você cai em uma página com uma foto inserida pela pessoa no cadastro e um campo para digitar o que quiser, ou seja um comentário honesto e construtivo.

Tela inicial do Sararah de nosso personagem diz: “Deixe uma mensagem construtiva :)”

Bom, estou preparado psicologicamente para receber “criticas construtivas”? Como crio uma conta no Sarahah?

É incrivelmente simples, ao entrar em sarahah.com, clique em REGISTER e preencha o formulário abaixo:

Por incrível que pareça, ainda não recebemos nenhum email informando o cadastro, ou algum tipo de confirmação!

 

Após isso, em outra tela, você já está dentro de seu painel, nela pode ver seu “endereço.sarahah.com” logo abaixo de sua “foto de perfil”, com seu endereço em mãos, compartilhe para seus amigos ou em suas redes sociais para que as pessoas deem  sua sua opinião anonima, abaixo uma propaganda e depois as opiniões já deixadas.

Debaixo de cada opinião existe um ícone de um coração, ao clicar, você às favoritas e ela aparece na aba “favorites” (favoritas). Ao lado de favorites, existe outra aba, chamada  “sent” (enviadas). Caso você esteja logado e acesse o Sarahah de outra pessoa, neste setor, poderá ver as “mensagens construtivas” que deixou par outro “amigo ou colega de trabalho”

O Sarahah possui outras telas nas quais é possível alterar suas informações pessoais, e excluir a conta.
Em settings você pode verificar tudo isso:

“Tudo é muito simples e prático!”

Opiniões anônimas são muito complicadas, as vezes tolas, as vezes construtivas, outras nos deixam pra baixo, devemos estar preparado para recebê-las, absorver o que há de útil e ignorar o restante. Já existiam outras tentativas de “sistemas de opiniões” porém estão esquecidos. Não sei qual o sucesso disso, aparentemente vejo que os usuários maiores são jovens e adolescentes, e é mais utilizada para críticas negativas do que construtivas. O mundo de hoje vê mais mal que bem nas pessoas. Um alerta aos pais é que sempre acompanhe seu filho, caso esteja inscrito nesta rede e o oriente sobre como se comportar.

Sarahah e o mundo dos negócios:

Vejo uma boa utilidade para o Sarahah, seria no ambiente corporativo, poderia substituir a velha caixinha de sugestões, já que é anônimo, poderá captar informações interessantes para o seu negócio.

*Edvaldo Rodrigues é proprietário da AIRDataBR, formado em Análise e desenvolvimento de sistemas e professor na SEED.

Obs.: Abaixo estão os termos de uso da rede traduzidos para o
 português:

Seus termos de uso são bem claros, e dá para ler 
tranquilamente, não é nada de mais e nem cansativa a leitura,
 abaixo a tradução do seu termo de uso:

Termos e Condições

Todos os usuários devem cumprir os termos e condições nesta 
página




Uso público

Todos os usuários devem se comprometer com a ética e os 
valores e devem abster-se de insultar e abusar do site.




Política de Privacidade

Todos os usuários têm de ler a política de privacidade 
ligada no rodapé e seu uso do site implica concordância 
com a política.




Negação de acesso

A Sarahah tem o direito de bloquear qualquer usuário de 
acessar o site ou usar seus serviços em geral.




Representação

A representação por nome ou subdomínio não é permitida e 
Sarahah tem o direito de tomar ações adequadas.




Contas Inativas

Sarahah tem o direito de remover contas inativas sob a 
duração que Sarahah vê adequada.




Remoção de Mensagens e Contas

A Sarahah tem o direito de remover qualquer mensagem ou 
conta com a justificativa que o gerenciamento do site 
considera adequado.




Informação

A Sarahah tem o direito de usar a entrada de informações 
por usuários com acordo sobre a política de privacidade




O email

A Sarahah tem o direito de enviar e-mails aos usuários com o
 que a Sarahah vê adequado com a opção de cancelar a 
inscrição dos e-mails de notificação.




Modificações de Termos e Condições

Temos o direito de modificar termos e condições, se 
necessário, e sempre que adequado




Limites de Responsabilidade

Todos os conteúdos comunicados no site são de 
responsabilidade de seus proprietários e a Sarahah não é 
responsável pelo seu conteúdo ou por qualquer dano que 
possa resultar desse conteúdo ou do uso de qualquer um 
dos serviços do site.




Contate-Nos

Você pode contatar-nos usando a página "Contate-nos".

 

Voltamos!

Após um extenso período de incertezas, estamos de volta!!!

 

*Por Edvaldo Rodrigues

 

Tudo começou em 2015, nossos clientes do setor de sistemas estavam quebrando, nossas vendas diminuíram significativamente, outros produtos que vendemos, muitas vezes levava-mos calote, ou ainda, simplesmente as empresas fechavam logo após a assinatura do contrato. O ano de 2016 também foi difícil, estagnado, cogitamos fechar, encerrar atividades  foi algo que sempre esteve em nossa mente, pois os tempos foram difíceis.

 

No início de 2017, encerramos a produção de nosso sistema de controle, no ramo da aviação e era claro a necessidade de mudança, me inscrevi para o tão sonhado “Empretec” já em mente que deveria mudar o ramo de negócio, fiz todo o seminário, e hoje, 1 de agosto, exatamente 1 mês após a conclusão, vi que estava totalmente equivocado. Foi um tempo totalmente dedicado a planejamento, estabelecimento de metas e muita análise. A AIRData merece mais uma chance!

 

O período obscuro no qual esta empresa havia caído, era a de culpar governos, por uma estagnação provocada por nós mesmos! Todos têm de se reinventar, se atualizar, sair da caixa e a AIRData esteve parada desde meados de 2013, os produtos e serviços eram os mesmos, vivíamos em um círculo vicioso e deixamos de prestar a atenção em nossa real vocação, tanto tempo parado nos custou caro.

 

Nosso acordar se deu a que prestava-mos um tipo de serviço a nossos clientes e que muitas vezes nem prestava-mos a atenção nisso. O serviço de relações públicas através das redes sociais, o atendimento, a configuração e o treinamento dos usuários para um melhor desempenho de seus negócios na grande rede. Toda esta oportunidade estava bem abaixo de nossos olhos, e insistia-mos em não olhar.

 

Estamos de volta, e nossos novos serviços não se restringem apenas às redes sociais, realizamos todo o conjunto de internet da sua empresa, como sites, sistemas de registro de atendimento ao cliente, criação de conteúdo.

 

Outra novidade é o serviço de pós venda, onde monitoramos sua rede social, registramos os fatos e cobramos a agilidade na resolução de problemas.

Mais novidades ainda estão por vir, estamos trabalhando na melhoria contínua e em busca de novos serviços para você, tudo isso, graças ao parar, analisar, criar metas e ver que é possível desviar de obstáculos e continuar!

 

*Edvaldo Rodrigues é proprietário da AIRData e EMPRETECo desde 2017!